Notícias

Notícias / Diversos /

3 dicas para garantir a segurança das crianças no condomínio

Muitas famílias estão optando por residir em condomínios fechados não só pela segurança, mas para garantir um pouco mais de liberdade, lazer e tranquilidade à sua família. A qualidade de vida está diretamente ligada à segurança das crianças no condomínio.

Como os condomínios possuem grande fluxo de crianças de várias idades, é importante pensar em espaços que acolham essa demanda. E é com essa preocupação que reunimos nesse post algumas dicas que podem auxiliar os condomínios na adequação de espaços seguros, estimulantes e confiáveis para todos. 

Espaços planejados

Quando for optar por um condomínio que possua uma área de lazer para seus filhos é necessário averiguar se esses espaços foram planejados para a função. Muitos condomínios antigos adaptaram áreas para receber os pequenos e não estão preparados para isso.

Crianças com idades diferentes possuem necessidades diferentes, e as brincadeiras em conjunto podem não acontecer da melhor maneira. Por isso, é necessário que cada idade tenha seu próprio espaço e regra. As assembleias são importantes para que as decisões sejam tomadas pelas famílias em comum acordo.

Lazer ao ar livre

Espaços de lazer ao ar livre são super importantes dentro de um ambiente coletivo. Além de serem saudáveis, evitam proliferação de bactérias e estimulam o exercício físico e motor. As quadras são ideais para jogos entre as crianças, mas precisam de alguns cuidados.

Quadras Poliesportivas

Grades altas e seguras para que as bolas não machuquem quem circula pelo local. Além disso, estipular qual faixa etária pode usar ou em qual horário ajuda a minimizar atritos entre crianças de diferentes idades.

Todos os equipamentos precisam de manutenção e fiscalização rotineira para não lesionar nenhuma criança. É importante que tenha iluminação e monitoramento constante desses locais de fluxo contínuo de crianças. Estabeleçam horários para início e término das atividades e procure manter o local fechado quando não estiver em uso.

Playgrounds

Playgrounds são fundamentais para crianças de todas as idades. São espaços lúdicos que propiciam estímulos criativos e cognitivos. São coloridos e desafiadores para as crianças desde a menor idade. Por isso, ao escolher um playground certifique-se da qualidade do material, da empresa que fornece e quais grupos etários quer atender.

É importante ficar atento ao local de instalação deste parque. Evite deixar instalar o playground próximo às garagens, portaria ou escondidos em algum canto. Sempre que possível invista em um espaço cercado, iluminado e com assentos para os adultos.

Se optar pelo piso de areia, cubra o local e mantenha livre de fezes e urina de animais. As gramas naturais podem atrair formigas e aranhas que podem machucar crianças menores. Tapetes precisam ser bem higienizados. A grama sintética é uma opção vantajosa e econômica para a resolução desse tipo de problema.

Piscina

A diversão é garantida quando se fala em piscina, mas é o espaço mais perigoso quando falamos em segurança das crianças em condomínios. Locais com piscinas devem ter cuidados redobrados, como pisos antiderrapantes, grades em todo sua volta e manter esse local sempre fechado. 

Não permitir que crianças frequentem o local desacompanhadas de um adulto ou portando algum alimento. Evitar tobogãs, trampolins e qualquer artefato que possa machucar por falta de orientação profissional.

Estabelecer regras para horários de utilização. Não permitir que as crianças corram ao redor da piscina. Utilizar somente em boas condições climáticas e sob supervisão de uma ou mais pessoas. 

Diversão Indoor

Muitos condomínios, pensando na diversão, ou por não ter em seu planejamento inicial espaço destinado especificamente às crianças, estão optando por adequar espaços fechados para o entretenimento dos moradores.

Com isso, a segurança das crianças em condomínios tem que ser prioritária. Investir em um sistema de vigilância interna ajuda a monitorar o espaço e comportamento dos que frequentam o local. O piso e o tipo de brinquedo deve ser planejado para que ninguém se machuque ou danifique os acabamentos.

Horários estabelecidos para cada faixa etária podem auxiliar nesse processo de divisão. Estabeleça quem pode entrar no espaço e qual  horário de saída. Anote tudo que foi investido no espaço e crie regras para utilização, danos ou extravio do material de uso comum.

 

Com essas dicas vai ficar muito mais fácil cuidar da diversão e segurança das crianças em seu condomínio. A Brubrinq, empresa especializada em playgrounds, tem a solução ideal para o tamanho do seu projeto.

Gostou das dicas acima? Então siga nosso Facebook e conheça nosso portfólio de playgrounds para condomínio e escolha já o ideal para sua necessidade.

Facilidade de Compra: Qualidade garantida:

Agência Digital WEBI