Notícias

Notícias / Diversos /

Fábrica de playgrounds: como exatamente ela funciona?

Todo mundo sabe como os parquinhos são, simultaneamente, divertidos e importantes no crescimento das crianças. Por outro lado, o que não passa pela cabeça da maioria das pessoas é como essas grandes estruturas são criadas. Você sabe como funciona uma fábrica de playgrounds e quais são os processos na construção de um parquinho?

Fazer um playground não é fácil. Por isso, é importante ter conhecimento de como tudo acontece: para avaliar a melhor escolha de profissionais na hora de instalar um. No texto de hoje, nós vamos te explicar como funcionam todos os passos de construção em uma fábrica de playgrounds, desde o contato com o cliente até a montagem no local. Saiba mais!

 

As etapas de uma fábrica de playgrounds

Montar um parquinho vai muito além da montagem em si. Antes mesmo de começar a produção existem passos que devem ser tomados. E como não poderia ser diferente, o papel do fabricante se estende também no pós-venda. Afinal de contas, ele é a autoridade maior em relação ao próprio playground, seja em manutenções ou outras possíveis dúvidas.

Confira algumas  das principais etapas de pré-fabricação, fabricação e pós-venda abaixo e entenda melhor como tudo funciona.

 

Orçamento

Antes de tudo, é preciso que haja o contato de um cliente pedindo orçamento. Aqui existe uma variação muito grande, podendo vir de escolas, prefeituras, empresas e condomínios. Não há uma regra, o que mostra como playgrounds são boas escolhas para diferentes lugares.

Após receber informações como medida da área de instalação do parquinho, média de quantas crianças brincarão ao mesmo tempo e a faixa etária delas, o fabricante começa a avaliar o espaço e decide, em acordo com o cliente, qual é o modelo mais adequado.

Outra avaliação importante feita pela fábrica de playgrounds neste primeiro momento é se o ambiente do comprador está de acordo com as normas estabelecidas pela ABNT. Caso não esteja, é preciso que seja feita uma adequação que busque garantir a segurança das crianças.

 

Escolha do material

Última etapa antes da construção, a escolha da matéria-prima costuma ser feita conforme as avaliações realizadas anteriormente. Os materiais mais usados atualmente são: madeira plástica e madeira tratada. Pensando sempre no meio ambiente, toda a madeira utilizada na fábrica de playgrounds Brubrinq tem origem em reflorestamento com manejo sustentável.

 

A rotomoldagem

Ao falarmos em madeira plástica, não podemos deixar de citar a rotomoldagem. Técnica usada para produzir diversos projetos a um custo mais baixo, a rotomoldagem foi originada da antiga moldagem rotacional, que consistia no aquecimento de materiais poliméricos.

A principal diferença é que aqui o termoplástico é inserido em forma de pó, em uma quantidade precisa que o deixa com a espessura indicada pelo INMETRO. O sistema permite que os parquinhos sejam desenvolvidos sem cantos, diminuindo o risco de machucar os pequenos.

 

Instalação

Depois de pronto e devidamente analisado junto às normas da ABNT, o playground está pronto para ser entregue ao cliente e montado no espaço.

A montagem é um processo que segue uma ordem pré-definida: começa-se pelas torres, depois as ligações (túneis, pontes, etc) e, por último, as descidas e subidas (escorregador, tobogã, rampas, escadas, etc).



Achou interessante saber mais sobre como funciona uma fábrica de playgrounds? Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco e nós iremos te ajudar!

Facilidade de Compra:

Qualidade garantida:

Agência Digital WEBI