Notícias

Notícias / Diversos /

Saiba como promover um crescimento longe dos aparelhos eletrônicos

A cada ano que passa, novas tecnologias surgem para substituir as mais usadas no momento. Isto acontece ainda mais no caso de aparelhos eletrônicos, como os celulares, videogames e computadores. Consequentemente, o crescimento de crianças ao redor do mundo está ficando cada vez mais marcado pelos avanços tecnológicos.

Enquanto todos os avós e pais da atualidade tiveram suas infâncias caracterizadas pelas brincadeiras na rua, a maioria das crianças de hoje passa boa parte do seu tempo livre dentro de casa, seja em frente à televisão ou sem largar as mãos de um tablet.

O grande problema é que, ao mesmo tempo que isto é um sinal da evolução, a falta de interações externas é extremamente prejudicial. Quando utilizadas em excesso ainda na infância, as tecnologias interferem no desenvolvimento de funções básicas do crescimento, como a concentração e a atenção.

Não à toa, uma das tendências mais observadas por pesquisadores ao redor do mundo diz respeito ao uso de aparelhos eletrônicos por crianças. Diversos estudos sobre o assunto são realizados com certa frequência, comumente encontrando resultados parecidos.

A neuropedagoga Priscila Peres, por exemplo, diz que os pequenos que usam os dispositivos com maior frequência perdem o interesse por atividades externas e até mesmo sair de casa. Ainda segundo ela, crianças as quais possuem contato com animais e hortas apresentam o comportamento contrário.

Para que você tenha uma direção mais clara na hora de reduzir o tempo que seu filho passa com os eletrônicos, a Brubrinq preparou este conteúdo de hoje! Nele, além de termos esclarecido um pouco as consequências do uso sem controles dos aparelhos, iremos te dar algumas dicas de como promover um crescimento longe destes dispositivos eletrônicos. Confira abaixo!

 

Promovendo um crescimento mais natural

 

Invista em jogos de tabuleiro

Se você quer que seu filho saiba como era sua infância, se divirta aprendendo e, ao mesmo tempo, ainda aproveite uma boa brincadeira em família, não existe uma opção melhor que os jogos de tabuleiro. Outra vantagem destes jogos é a altíssima variedade. Existe um jogo de tabuleiro perfeito para cada um, indo desde os de adivinhação até os de investigação.

Mais que isso, há a facilidade para encontrar os jogos no mercado. Alternativas como o Banco Imobiliário, o Jogo da Vida, Detetive e Cara a Cara estão presentes nas mais diversas lojas, sendo que alguns deles vão além das lojas de brinquedos e estão até nos supermercados.

 

Brinquem ao ar livre

Mais uma sugestão para os pais que querem divertir seus filhos da mesma maneira que eles brincavam quando pequenos. Brincar ao ar livre permite que a imaginação seja a protagonista e ainda ajuda no desenvolvimento de aspectos físicos.

Algumas brincadeiras que podem ser feitas incluem esconde-esconde, pega-pega, jogos com bola e, é claro, playgrounds.

 

Procure uma colônia de férias

Muitos pais relatam que a maior dificuldade em manter os eletrônicos mais afastados do crescimento dos filhos é na época de férias escolares. Como o recesso deixa as crianças em casa por mais tempo, elas ficam mais entediadas e buscam pelos aparelhos.

Uma boa ideia neste caso é procurar uma colônia de férias. Uma vez lá, eles serão constantemente estimulados a realizar atividades ao ar livre, além de conhecer e interagir com outras crianças.

 

Gostou do texto de hoje? Ficou com alguma dúvida sobre o crescimento das crianças? Entre em contato com a Brubrinq, nós estamos sempre prontos para te atender e ajudar com qualquer esclarecimento!

 

Qualidade garantida:

Agência Digital WEBI