3 jun

5 dicas para controlar a alimentação das crianças em casa

O isolamento social modificou a rotina de todos, mas, com certeza, quem mais sentiu essa mudança foram as crianças, que ficaram sem aulas presenciais e sem poder ir a parques para gastar energia. Como consequência, elas ficaram mais agitadas, o que resultou também no aumento do apetite dos pequenos. Por isso, um dos desafios dos pais neste período é saber como controlar a alimentação das crianças em casa. 

Para explicar como permitir uma alimentação saudável para as crianças, mesmo neste período de quarentena, que preparamos este conteúdo especial. Confira a seguir algumas dicas para que seu filho se alimente melhor em casa e continue saudável. 

Boa leitura!

A importância da alimentação saudável no crescimento das crianças  

Para que os pequenos cresçam fortes um dos grandes segredos é uma boa alimentação, a base de vitaminas, proteínas e vários outros nutrientes para o desenvolvimento infantil. Todas essas características são encontradas em alimentos como as frutas, verduras, legumes, sucos e determinados tipos de carnes.

Ensinando a criança desde cedo a se alimentar de forma saudável significa ajudar no desenvolvimento de funções cerebrais, cognitivas, físicas e também para que ela crie anticorpos. 

Porém, como sabemos, com a correria do dia a dia, nem sempre é possível ter um controle da alimentação das crianças. Por isso, é inserido – na maioria das vezes – os alimentos industrializados como os Fast-Food, salgadinhos, bolachinhas e refrigerantes, que causam graves problemas de saúde como a obesidade, distúrbios alimentares e também diversas alergias.   

5 dicas para controlar a alimentação das criança em casa 

1. Tenha horários específicos para as refeições 

A primeira dica para controlar a alimentação das crianças em casa é estipular horários específicos para cada uma das refeições do dia: café da manhã, almoço, café da tarde e janta. Os pequenos, mesmo estando nas suas residências, precisam de uma rotina para criar hábitos de uma alimentação mais saudável. 

2.  Faça pratos criativos para os baixinhos 

Frutas, verduras e legumes nem sempre são fáceis de inserir na rotina alimentar das crianças. Portanto, para chamar atenção dos pequenos para que eles tenham vontade de experimentar, e, além disso, deixar as refeições mais divertidas, monte pratos criativos. 

Uma ideia é brincar de formar pratos coloridos com os legumes, frutas e verduras. Monte refeições com o formato de paisagem e carinhas, por exemplo. No final, esse também será um momento que pode entreter toda a família. 

3. Realize um acordo com seu filho 

Para controlar a alimentação das crianças em casa é possível sim que ocorram alguns “deslizes”. Comer salgadinhos, bolachinhas e outros tipos de carboidratos pode acontecer, ainda mais na atual situação em que o Brasil e demais países estão vivendo de isolamento social. 

No entanto, é fundamental fazer um acordo com seu filho, como, por exemplo: substituir uma das refeições por algum destes alimentos citados. Flexibilizar é importante também, e não irá prejudicar o bem-estar das crianças. 

4. Proponha que elas provem alimentos novos 

Mais uma maneira de controlar a alimentação das crianças em casa é fazer com que as refeições sejam momentos prazerosos para elas. Por esse motivo, proponha a inserção de alimentos diferentes, que elas ainda não tenham experimentado. Leve seu filho à cozinha e permita que ele elabore um cardápio junto com você. 

Mostre como o alimento é preparado e – até mesmo – peça para que ele crie um nome para aquele prato. Para deixar o momento ainda mais legal, registre o cardápio para que ele possa mostrar para os amiguinhos e colegas depois que isso tudo passar. 

5. Disfarce os alimentos de difícil aceitação 

Como já citado no início deste texto, existem alguns alimentos (que pelo seu gosto) as crianças costumam não gostar, as verduras e legumes são exemplos típicos. Porém, com um jeitinho especial, os pequenos podem comer esses alimentos sem nem mesmo perceber. A beterraba pode estar inserida num bolinho ou torta e a cenoura junto com o arroz, essas são apenas algumas das alternativas.


Depois destas dicas ficou mais fácil controlar a alimentação das crianças em casa, não é mesmo? Para acompanhar mais assuntos como este, não deixe de entrar no site da Brubrinq e confira dicas para fazer seu filho ficar menos tempo no celular e como organizar uma boa rotina de estudos em casa para os pequenos.

RECEBA NOSSA

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber nossas novidades